Skip to main content

Coach Paulistano Troca Profissão e Vende Workshop Financeiro Aplicando Método 8Ps

Com objetivo de trabalhar com o foco no desenvolvimento de alta performance financeira de seus clientes, consultor muda atividade profissional e aplica Método 8Ps em lançamento sem resultados; não desiste e fecha clientes

Por Verônica Guimarães | Jornalista da 8Ps

Assim como a grande maioria da população brasileira, cerca de 78% dos adultos a partir de 18 anos em atividade profissional (segundo o Serviço de Proteção ao Crédito, SPC – Brasil), Marcus Racuia, paulistano hoje com 30 anos, nunca pensou em trabalhar com aplicações financeiras e muito menos voltadas ao seu futuro, a aposentadoria. A virada de chave aconteceu quando, aos 24, teve contato mais próximo ao tema aplicações, o que para ele, até então, era algo muito distante. “Eu deixava dinheiro guardado na poupança e achava que estava investindo”, conta.

Formado em engenharia mecânica e trabalhando em uma multinacional desde sua formação, entrou de cabeça no mercado financeiro há um ano e meio, depois de aprimorar conhecimentos em otimizar custos e resolver fazer sua transição de carreira. “Eu já tinha como objetivo ter uma vida profissional mais flexível e mais estável financeiramente. Foi a oportunidade que eu precisava”, argumenta.

Marcus resolveu, então, que iria trabalhar essa transformação e migrar da engenharia para a área financeira. Dessa forma, optou por se empenhar em aprender a ensinar. “Percebi que, assim como acontecia comigo, a não preocupação em poupar é uma lacuna existente e que também é um mercado promissor, já que as gerações mais novas tendem a se preocupar mais com a velhice, estamos vivendo cada vez mais”.

Ele buscou imergir no desafio de trabalhar mais ativamente na mentalidade das pessoas nesse sentido. “Fui estudar para me tornar coach, já que é uma profissão que contribui diretamente frente às fraquezas e desafios de cada indivíduo. Percebi que queria atuar ali, auxiliar e fazer com que as pessoas aprimorem sua mentalidade e desenvolvam melhor seus potenciais, e de maneira específica com o mercado financeiro”, comenta.

Os primeiros passos

Marcus já sabia exatamente o que queria, mas precisava ainda conhecer o como. “Eu não sabia como iria até meu cliente, quem eu queria exatamente atingir e, o principal, como efetuar as vendas da minha consultoria”, comenta.

Foi, então, buscar algumas respostas na internet. “Fui pesquisar como eu poderia começar, como trabalhar a divulgação dos meus serviços e de fato saber o funcionamento do marketing digital”, conta. E foi durante essas buscas que Marcus Racuia soube sobre o Conrado Adolpho. “Ele sempre aparecia nas pesquisas de buscas e aos poucos passei a consumir o conteúdo dele disponível na internet. E, em um desses conteúdos, soube da Imersão 8Ps”.

Ele conta que, de cara, teve dúvidas se comprava ou não a Imersão, “eu tinha dúvida se valeria a pena, já que são três dias e muitas horas de conteúdo. Também imaginei que não seria tão bom assim, que por consumir os conteúdos da internet, quase não haveria novidade, apenas conteúdos de empreendedorismo e vendas. Me enganei!”.

O retorno

Ao retornar da Turma 37, Marcus conta que se sentia ainda um pouco perdido com a quantidade de conteúdo absorvido. “Eu não sabia por onde começar e fui retomar um ou outro conteúdo da apostila”, comenta.

Para colocar seu plano de ação em prática, Marcus optou por trabalhar sua autoridade, “resolvi criar conteúdos em vídeo na internet para que as pessoas passassem a conhecer meu rosto e ligar ao assunto que eu trabalho. Mas são poucos ainda, estou indo com calma ao mesmo tempo que coloco em prática outras ações”.

Criou um curso que ensinava aos alunos como trabalhar sua organização financeira de forma a poder ficar mais tranquilos na aposentadoria. “Fiz um marketing de divulgação baseado em postagens e anúncios. Não tive retorno nenhum”, diz. Mas não desistiu.

Na sequência, se organizou para ministrar uma aula presencial sobre otimização de custos e, mais uma vez, teve pouco êxito, “foram apenas seis pessoas que compraram a palestra”, conta. Mas Marcus é uma pessoa persistente e decidido.

“Eu sabia que o Método 8Ps funciona e que eu precisava continuar tentando. Além disso, era exatamente o que eu queria, mudar de carreira e de vida, não podia deixar aquela oportunidade passar”, comenta. Marcus decidiu por montar um workshop de mindset financeiro, “resolvi montar um workshop com poucas vagas que pudesse ajudar as pessoas a enxergarem a necessidade de desenvolver ações e atitudes que mudassem o roteiro de suas vidas”, conta e complementa, “fiz duas lives, montei um texto persuasivo com gatilhos mentais de inimigo comum e escassez, com desconto para os três primeiros que efetuassem a compra em um tempo determinado. Deu certo!”. Marcus conquistou seus seis primeiros clientes. “Ainda montei uma lista de interessados para uma próxima turma”.

“Gostei da ideia”, comemora! “Agora, vou aprimorar cada vez mais meus processos de mentorias e atendimentos de maneira que eu chegue à excelência na minha atividade e, ao mesmo tempo, consiga montar um grupo de pessoas que eu ajudei a transformar suas vidas”, comenta.

Segundo disse, seu objetivo agora é ampliar o alcance e atingir a meta de 50 mil reais mensais com os atendimentos de coaching financeiro. “Vou continuar com workshops e com eles vender mentorias. Pretendo criar em breve uma estratégia de marketing em que eu tenha uma esteira de produtos a oferecer. Aí, eu me realizo”, conclui.

Resultados 8Ps:

  • Lançamento de workshop financeiro com seis clientes, após primeira tentativa sem resultados.