Skip to main content
ROI de marketing

Você sabe o que é ROI de marketing? Confira o que é e como calculá-lo

O ROI de marketing é o indicador responsável pelo cálculo econômico que demonstra o resultado da estratégia de marketing implementada pela sua organização. Quando você finaliza suas ações em uma campanha, é preciso mensurar os resultados e a lucratividade obtida — e é justamente para esse fim que utilizamos essa ferramenta.

Parâmetros como nível de tráfego, cliques ou curtidas ajudam a medir a repercussão das iniciativas adotas em termos de interesse. Todavia, quando se trata de resultados econômicos, é o ROI que deve ser empregado.

Pensando nisso, abordamos, ao longo deste artigo, as principais informações acerca desse indicador, bem como a importância de acompanhá-lo e como ele deve ser calculado em sua empresa. Boa leitura!

O que é ROI de marketing e como ele funciona?

A sigla ROI é um acrônimo da expressão inglesa “Return on Investment” (Retorno sobre o Investimento, em tradução livre). Trata-se de um indicador econômico amplamente utilizado no mundo financeiro para analisar a rentabilidade, bem como os ganhos e as perdas de marcas e empresas.

O ROI pode ser considerado, então, como uma ferramenta tanto de mensuração quanto de avaliação, à medida que informa, de maneira simples e direta, qual o valor econômico que você obteve como resultado de investir na realização de ações concretas. 

Dito de outra forma, é possível determinar quanto dinheiro foi ganho de cada real investido. Sendo tão útil, é utilizado, também, para qualificar a gestão de uma organização, fundamentar operações de compra e venda de empresas etc.

No que se refere especificamente ao marketing, a possibilidade de utilizar dados-chave para monitorar o desempenho dos profissionais e das atividades desenvolvidas garante que você consiga saber por que determinadas ações foram mais ou menos lucrativas e benéficas para o seu negócio. Nesse caso, a fórmula é muito simples:

  • ROI de marketing = (lucro – investimento) / Investimento em marketing.

Desse modo, temos a rentabilidade de todas as ações de marketing realizadas por uma empresa. Entretanto, podemos reduzir um pouco o nível para medir com mais detalhes. Para isso, você pode substituir a palavra “marketing”, por “Facebook Ads”, “campanhas do Google Adwords”, “publicações no Pinterest”, em suma, quaisquer ações que deseje mensurar.

Todavia, lembre-se de não confiar apenas nesses dados, mas analisar todo o contexto, pois até mesmo uma campanha com um ROI negativo pode ser positiva em determinadas condições.

Considere o seguinte exemplo: digamos que o ROI de uma campanha que fizemos no Facebook Ads para um produto específico foi negativo, mas essa campanha gerou um alto volume de tráfego para o site da empresa.

Assim, seguimos esse tráfego com campanhas de remarketing e, assim, obtivemos uma elevação na taxa média de conversões. Desse modo, mesmo as ações que, em um primeiro momento, obtiveram um ROI negativo, mostraram-se positivas a médio prazo.

Por que é importante acompanhar o ROI de marketing?

Uma vez que o objetivo principal consiste em aumentar as vendas de seus produtos, o acompanhamento do ROI deve estar relacionado com o ciclo de vendas (prospects, leads, oportunidades e fechamento) e o mercado-alvo no qual você deseja concentrar a sua estratégia de marketing. Sendo assim, entre os benefícios de acompanhar o ROI de marketing, destacam-se:

Fundamentar o processo de tomada de decisões

Quando pensamos em realizar uma estratégia de marketing, podemos considerar diferentes alternativas. Realizar uma campanha baseada em marketing de saída, marketing de entrada ou, até mesmo, ambos em paralelo.

Para tomar uma decisão informada, aspectos como as características do produto e especificidades do nicho em questão são fundamentais. Nesse contexto, o ROI das ações que você estiver pensando em colocar em prática dará a visão definitiva de qual campanha é a mais adequada.

Aproveitar integralmente os recursos disponíveis

Similarmente, acompanhar o ROI de marketing permite avaliar os benefícios de usar recursos internos ou contar com ajuda especializada em gerar novas demandas. Trata-se, portanto, de levar em conta se você incorrerá em custos fixos ou variáveis que se ajustam e escalam de acordo com as necessidades atuais e futuras do seu negócio.

Lançar novos produtos

O ROI é, também, um indicador importante para determinar a viabilidade de lançar um novo produto ou explorar um segmento de mercado mais atual, auxiliando você a conhecer a margem de lucro obtida em cada venda e, logo, ajudando a precificação.

Fazer a correção de desvios

Acompanhar o ROI de marketing não serve apenas para tomar decisões sobre qual campanha é mais apropriada em cada momento. Uma vez que você tenha começado a executá-la, poderá conhecer melhor os desvios do objetivo inicial e realizar as correções necessários. Outros motivos incluem:

  • ao não fazer esse acompanhamento, você não saberá qual das várias possibilidades de investir os seus recursos é capaz de oferecer o melhor retorno;
  • melhorar a previsibilidade das operações, isto é, ter ciência do que deve ser feito para obter mais com menos;
  • monitorar em tempo real as atividades e cancelar campanhas em andamento que não estão dando certo, antes que elas comprometam todo o projeto;
  • aumentar as chances de sucesso ao tentar outras opções.

Como calcular o ROI de marketing?

Para entender de maneira prática como calcular o ROI dentro de um plano de marketing, apresentamos, a seguir, uma situação fictícia. Acompanhe.

Diego é um empreendedor que deseja saber qual é o retorno do investimento na aplicação de suas estratégias de marketing, a fim de melhor posicionar a sua loja online. A forma mais básica de realizar esse intento, sabendo que no caso de Diego o investimento inicial foi de R$ 2.300 e o lucro de R$ 5.000, é:

  • 5.000 – 2.300 = 2.700;
  • 2.700 / 2.300 = 1,17.

Isso significa que a estratégia de marketing de Diego teve um retorno sobre o investimento de 117%, razão pela qual foi totalmente lucrativa.

Todavia, de onde vêm os custos de investimento? Diego teve de recorrer a consultores e especialistas e investir em ferramentas para realizar suas ações de marketing. Então, ele deduziu os seus custos da seguinte maneira:

  • R$ 1.000 em pagamentos para especialistas em SEO e SEM;
  • R$ 700 investidos em ferramentas digitais, como Adwords, SEMrush etc.;
  • R$ 600 em pagamentos para profissionais dedicados a gerar conteúdos em seus blogs e redes sociais.

A soma de todos esses gastos dá um total de R$ 2.300. Convém lembrar que se tratam, apenas, de números fictícios e não representam a realidade sobre o que pode (ou deve) ser gasto em marketing digital.

O cálculo do ROI nesse exemplo é muito generalizante e, de modo algum cobrem 100% das despesas de uma empresa real. Para poder conhecer os custos é necessário incluir elementos como despesas administrativas impostos, material de escritório, entre outros. No entanto, é um exemplo capaz de mostrar como é possível calcular e se beneficiar do acompanhamento regular do seu ROI de marketing.

Gosto do post? Então, não perca a oportunidade de se aprofundar ainda mais no assunto: entenda em que consiste o mix de marketing!