Skip to main content

4 Redes Sociais Para Divulgar o Seu Trabalho de Graça

Toda pessoa que começa a trabalhar com internet sonha em ganhar rios de dinheiro e trabalhar de onde e quando quiser. Parece um sonho maravilhoso, certo?

E realmente é. O que as pessoas não levam em consideração é que existem custos para manter as vendas em grandes escalas (principalmente no começo).

Outro ponto esquecido pela maioria, e que é muito importante, é o tráfego gratuito.

Não é simples e nem tão rápido de aprender a fazer tráfego gratuito, mas ele pode ser uma ótima opção para quem está começando e quer divulgar seus produtos (como afiliado, produtor, etc) com baixo (ou nenhum) investimento.

Nos próximos parágrafos, vou te ensinar 04 redes sociais que provavelmente você utiliza, para gerar tráfego orgânico e conquistar a sua primeira venda.

Um passo antes de Começar a divulgar seus produtos/serviços

Duas grandes multidões se formam quando o assunto é tráfego orgânico: Os que são fãs e sabem utilizá-lo de maneira efetiva (a curto prazo) e o grupo dos que sabem que funcionam mas acha que o resultado vem muito a longo prazo.

Independente de qual multidão você se encontra hoje, meu intuito é fazer com que você possa criar uma base de pessoas interessadas no seu possível produto e somente depois, oferecer a solução para eles (produto).

O princípio básico quando estamos falando em vendas é pensar em um grupo (ou demanda). Você precisa ser o mais específico possível para que atraia um grupo com interesses e necessidades em comum.

Após conhecer bem o seu público e suas dificuldades, saber exatamente o que falar e quando falar para esse público, você está preparado para começar a pensar nas redes sociais. Sim, você precisa fazer um planejamento antes mesmo de criar QUALQUER rede social.

Se você ainda não fez um planejamento a respeito do seu projeto/produto, leve em consideração as seguintes questões:

  • Que grupo de pessoas eu quero atender?
  • De que sexo essas pessoas são?
  • Quais são os interesses dessas pessoas?
  • Quais são as dificuldades ou sonhos que essas pessoas têm em comum?
  • Em quais redes sociais elas podem estar localizadas?

Essas são apenas algumas das perguntas para você definir a sua persona (uma pessoa que será a base de todo um grupo). Se você não sabe o que é persona, veja esse conteúdo feito pela Resultados Digitais.

Você pode utilizar algumas ferramentas como o Google e o Audience Insights do Facebook para ter uma visão geral do seu público.

Se você precisar de ajuda quanto a definição da persona, lá no portal do 8ps.com tem um tutorial passo a passo que eu gravei ensinando a utilizar duas ferramentas na definição da persona.

Agora que você sabe quem é o seu público, você precisa dar uma olhada rápida nas redes sociais e ver onde seu público pode estar.

Esse é um trabalho manual e que pode demandar um pouco de tempo mas que fará toda diferença e evitará o desperdício de tempo futuro. As redes sociais que eu aconselho são: Youtube, Facebook, Instagram e Blog. Uma ótima ferramenta para saber se existem pessoas procurando pelo seu conteúdo é utilizar o planejador de palavras-chave.

Em alguns casos o seu público pode estar em todas as redes sociais. Nesse caso, você deve lidar com aquela que você acha que será mais capaz de gerar resultados. Com o passar dos meses, você será capaz de administrar todas elas – mas opte por começar com apenas uma.

4 Redes Sociais para Começar a Divulgar seus Serviços de Forma Gratuita

Vou passar uma visão geral sobre cada uma das redes sociais nesse momento para que você saiba como dar os primeiros passos na divulgação do seu serviço.

Uma coisa que você deve lembrar antes de qualquer coisa é: Não seja um chato e spammer porque essa é a PIOR MANEIRA de fazer marketing. Seja alguém que dê muito conteúdo grátis e só então, ofereça um produto. Fazendo isso você vende mais e as pessoas vão amar você.

Lembre-se sempre do seguinte: Quando falamos em tráfego orgânico poupamos dinheiro mas investimos tempo (muito tempo).

Mas então, como utilizar as redes sociais para vender mais?

O Instagram e a “facilidade” de se tornar uma Autoridade

Poucas pessoas dão a atenção devida que essa rede social merece. Há pouco tempo atrás, eu era uma dessas pessoas e de certa forma e a desprezava até que eu realmente utilizei e vi o poder que ela têm.

Criei um perfil e com alguma ajuda, graças a Anatex, consegui me posicionar e gerar uma boa quantidade de seguidores. Como eu fiz isso?

De maneira simples, foquei em um público específico (como eu sempre falo – seja específico) e comecei a analisar a forma que eles se comportavam e quais eram as suas dificuldades.

A partir de então, foi fácil. Separei um grupo de hashtags relevantes e comecei a colocar conteúdo de muito valor. Em 30 dias, após muito trabalho (curtidas, seguir, comentar, etc) eu consegui um número muito legal de seguidores e também boas visitas para meu site.

Somente após 30 dias eu citei um possível conteúdo de vendas, antes disso trabalhei somente a minha autoridade. Você deve fazer o mesmo.

Provavelmente você está pensando: “Ah Rafael, mas eu não sei como utilizar o Instagram”.

Não tem problema, a Ana gravou um minicurso para o 8ps.com e você pode aprender as mesmas técnicas que utilizei para gerar vendas através do Instagram.

Se você não sabe como criar sua conta no Instagram, o primeiro passo é criar uma conta no seu celular (Android ou IOS) e começar a fuçar nas coisas. Com poucas horas de uso, você já domina a ferramenta toda.

Leia mais dicas no blog do instaeasy

O Segundo Maior Buscador do Mundo – Começando pelo Youtube

São poucas as pessoas que se sentem confortáveis para gravar vídeos no início e não há problemas quanto a isso se você não quiser gravar. Mas eu só posso te dizer uma coisa: Utilizar essa ferramenta para gravar vídeos e realizar vendas é fantástico.

Utilizei essa estratégia em meu canal pessoal e o processo foi bem simples. Vou explicar para você.

Antes de mais nada, defini uma audiência que poderia se interessar no meu conteúdo.

O objetivo foi simples: Público específico (já falei sobre isso antes, né?) e após isso criei alguns vídeos falando sobre uma dica útil para aquelas pessoas e fazia uma leve menção sobre um possível curso – nada de ser agressivo.

Como as pessoas estavam felizes por receber um conteúdo de qualidade (a dica), automaticamente elas ativavam o gatilho da reciprocidade e algumas acabavam adquirindo o produto indicado.

Parece fácil, porém, não é tanto. Você precisa gerar empatia com as pessoas, se conectar e principalmente ter o intuito de ajudá-las. Nunca foque na venda. Na minha humilde opinião, a venda é a consequência de um trabalho bem feito. Mesmo “sem vender” eu acaba vendendo porque meu foco estava em ajudar as pessoas.

Uma dica importante é escolher produtos de ticket baixo. Em torno de R$20~100 reais no máximo. Isso porque, você está gerando pouco valor e para as pessoas comprarem, não pode ser algo muito caro.

Opte por produtos com excelentes cartas de vendas e excelentes conteúdos, não venda por vender.

O “segredo” da coisa está em fazer SEO no Youtube. Técnicas de otimização de vídeos para escolher palavras-chave pouco concorridas e consequentemente, ganhar as primeiras posições.

Você pode estar pensando: “Ah Rafael, mas eu não gosto de gravar vídeos”. Tudo bem, não tem problema porque nós também temos um conteúdo de “Como Perder o Medo de Falar para Câmeras”, cedido pelo Michael Oliveira.

Qual sua próxima desculpa para arregaçar as mangas e começar a trabalhar? 🙂

Realizando sua Primeira Venda Através do Facebook (De forma orgânica)

Se você falar sobre o Facebook, automaticamente já vem na sua cabeça “Ads, Ads e Ads”. Virou uma expressão comum hoje em dias mas acabamos esquecendo que existem várias técnicas muito interessantes para aplicar de forma orgânica.

Você conhece os famosos grupos do Facebook? Provavelmente já deve ter visto e está em alguns. Mas sabia que eles podem ser uma ótima fonte de tráfego e até possíveis vendas?

A estratégia é bem simples: Procure por grupos de pessoas onde as pessoas do seu público específico se encontram. Vamos supor que seu público sejam médicos, ótimo, entre em grupos de médicos e estudantes de medicina.

Lembra de quando eu disse “Não seja um spammer chato”? Essa é a hora de colocar esse conselho em ação. Não façam SPAM. Crie um post de apresentação, se doando para ajudar as pessoas. Segue um exemplo:

Olá médicos e futuros médicos, tudo bem?

Meu nome é Rafael Querido e eu trabalho com marketing.

Entrei aqui no grupo para aprender mais com vocês e principalmente ajudar. Qualquer dúvida sobre maneiras éticas de divulgação do seu consultório ou serviço, você está livre para me perguntar. Quero dar o meu melhor.

Muito obrigado!

Viu como é um template bem tranquilo e sem nenhum teor de venda? É aquilo que eu falei: você precisa ajudar as pessoas.

Nas próximas semanas, você vai se dedicar a ajudar as pessoas, criar alguns debates sobre o assunto e comentar nas publicações das pessoas. O seu intuito é ser visto como alguém ativo e disposto a ajudar.

Após um período de 03 a 05 semanas, dependendo do nível de engajamento que você conseguiu no grupo, você pode postar uma página de captura e oferecer uma solução para um problema específico. O resultado será fantástico.

Se até agora nenhuma das opções te fez querer agir, vou te mostrar a opção que eu mais gosto nos próximos parágrafos.

Miniblogs de Conversão – Ganhando uma Renda Passiva Sempre

Eu vim do SEO (não sei muito pra ser sincero) mas realmente é o que me motivava. Naquela época eu não conhecia o mercado de afiliação e tudo que eu queria era colocar cada vez mais blogs no ar para ganhar dinheiro com Adsense.

Passado um tempo e adquirindo uma experiência (sem falar que assisti o ótimo curso do Anderson Chipak) e entendi que realmente miniblogs de conversão eram o caminho ideal para uma renda passiva.

A estratégia: Definir um público específico (sim, eu sou chato quanto a isso) e entender melhor quais são as grandes dificuldades que eles têm. Você consegue fazer isso através de pesquisas e o Paulo gravou um processo de pesquisas lá no 8ps.com

Com essas pesquisas em mãos, você vai criar conteúdos que ajudem a pessoa a resolver problemas específicos e sempre fazer uma chamada para que ela caia em um post de conversão (com o único objetivo de vendas).

A sacada dessa estratégia também está no SEO. Como eu disse, você precisa ter o conhecimento (ao menos básico) para entender esse processo.

Se você não tem NENHUM conhecimento nessa área, essa não é a melhor estratégia para você hoje. Mas você pode ler esse artigo do Vicente Sampaio sobre um curso de SEO Grátis.

Essa estratégia aqui é a melhor na minha opinião mas vai te trazer resultados a médio prazo. Eu aconselho a fazer e dedicar um tempo e “largar” – gastando somente um pouco de tempo para acompanhar o crescimento do projeto.

Conclusão

Você aprendeu 04 maneiras efetivas de realizar vendas de forma orgânica, sem investir nada. O que você precisa é focar e desenvolver um projeto de cada vez.

Todas essas opções vão te dar resultados mas nenhuma será “do dia para noite”. Como disse anteriormente, você precisa dedicar tempo ao invés de dinheiro. Comece a trabalhar hoje para colher os frutos nos próximos dias ou semanas (em alguns casos, meses). O importante é fazer.

Lembre-se sempre que a venda é o fruto de um bom trabalho e você deve sempre lembrar da frase da Madre Teresa: “Não devemos permitir que alguém saia da nossa presença sem se sentir melhor e mais feliz.”

Te desejo boa aplicação e principalmente consistência. Esse é o principal ativo do empreendedor digital.

Como você tem divulgado os seus serviços hoje? Deixe seu método de aplicação para que possamos discutir e atrair mais técnicas gratuitas para quem está começando.